De volta aos posts :)

Olá pessoal! Tudo bem?

Depois de muito tempo voltei a escrever, precisava de um tempo pra colocar a cabeça no lugar, estudar e refletir um pouco mais sobre minha luta contra a balança. Desde janeiro de 2011 já foram embora 34 quilos. 31 após a Dieta Gracie + Jiu Jitsu.
Dei uma desacelerada no Jiu Jitsu de competição, estava me machucando muito, muitas lesões, cansaço demais, resolvi passar pro Jiu Jitsu de defesa pessoal onde é técnica é mais exigida que a força (e exercícios físicos), desde então passei a me machucar menos, entender muito mais coisas fora da caixa (competição)  e consegui compreender muitas outras coisas que antes não entravam na minha cabeça. Prática sem teoria não funciona muito, e no caso de dietas e reeducação alimentar também é importante.

Fazer um balanço dessa minha ausência aqui é importante (6 meses sem escrever)

Há 24 semanas (6 meses atrás)
Peso: 72 quilos
Atividade física por semana 5x
Atividade: Jiu Jitsu Brasileiro (3x), corrida (1x), musculação (3x)
Alimentação: 3 refeições baseadas na Dieta Gracie por dia, 7 dias por semana, low carb incluindo trigo
Provas de corrida oficial: 0

Hoje
Peso: 69 quilos
Atividade física por semana 4x
Atividade: Gracie Jiu Jitsu (2x), corrida (2x), musculação (0)
Alimentação: 3 refeições baseadas na Dieta Gracie por dia, 7 dias  por semana, low carb, excluindo trigo
Provas de corrida oficial: 1 – 5km em 36 minutos

Coisas muito interessantes aconteceram. Percebi que o treino de Jiu Jitsu Brasileiro foi importante no processo de perda de peso, porém acabei estagnando ao longo do caminho, ficando impossível perder peso SÓ com este treino. Também diminui a musculação (hoje, mais por descuido do que qualquer outra coisa, não tenho ido a academia, preciso me programar novamente para voltar aos treinos). Correr, que era uma coisa que eu fazia esporadicamente, e não dava tanta importância. Hoje, excluindo o treino pesado de BJJ e correndo 2x por semana, consegui obter mais resultados, além de ficar mais disposta, menos chata e mais criativa em casa e no trabalho. Ah, corri até uma prova de 5km terminando com o tempo de 36 minutos 🙂

Gracie Jiu Jitsu - Defesa pessoal para mulheres
Gracie Jiu Jitsu – Defesa pessoal para mulheres

Uma diferença é que há 6 meses atrás, eu comia muita coisa feita com farinha de trigo, hoje utilizo a farinha de tapioca ou a farinha de arroz (sem glúten) e a diferença na balança foi de 3 quilos a menos. Não resolvi diminuir o glúten por moda ou por causa de doenças associadas ao consumo dessa mistura de proteínas, mas sim por opção e testar o resultado na Dieta. E teve resultado positivo 🙂

Bom, é isso, saldo positivíssimo de seis meses para cá, foram apenas 3 quilos, mas, quem está em processo de emagrecimento sabe que, quanto menos quilos faltam pra atingir a meta, mais difícil é pra conseguir atingir o objetivo. Mas parece que estou encontrando meu caminho e logo em breve não precisarei lutar para perder peso, mas de tudo, o melhor foi ter aprendido que precisamos comer para viver, e não viver para comer, esta é a ordem! Comemos demais quando não precisamos, comemos por prazer, por impulsão e não porque de fatos precisamos. E para começar a entender isso, é difícil, mas não impossível!

Espero que tenham gostado do post, até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s